quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Valeu, dicas e mais dicas

Mal o blog começou e já tem vários comentários, sugestões e dicas. Que legal, continuem contribuindo para o crescimento do Gourmet Glutão. Valeu de mais.

Bom, vamos ao que interessa hehehe.

Foi sugeriada uma receita de Mocaccino com cacau, deve ser uma delicía. Costumo fazer pouco bebidas com café, mas dei uma pesquisada e achei uma receita legal, está no site http://www.noblesscacau.com.br/ , visitem, vale a pena, o site é bem legal e cheio de receitas. Vou tracrever a do mocaccino (que em alguns lugares se chama marroquino), lá vai:

Ingredientes

2 colheres (café) de café instantâneo
2 colheres (sopa) de açúcar
2 colheres de chocolate em pó Leite

Modo de preparar

Misture o açúcar, o café e algumas gotas de leite e bata até ficar bem amarelinho. Acrescente o chocolate e misture bem. Por fim, acrescente o leite fervendo.

Sugestões do Gourmet Glutão: faça um café bem forte, esses instantâneos não são tão bons quanto os de pó que a gente faz em casa. Mudando a receita um pouquinho hehehe se colocar uma barrinha de chocolate mergulhada na xícara fica bom de mais (mas daí já vira outra receita); e misturar isso tudo com um pauzinho de canela hein?! maravilha.........

Dicas do Gourmet Glutão: preparando café em casa:

- no coador de pano: você pode usar 8 colheres de sopa de pó de café (um bom café por favor hehe) para cada litro de água. Quem gosta de mais forte coloca mais. Em uma panela separada, ferva uma água com uma colher de sopa de café, e coloque o coador de pano para ferver junto. Assim você aromatiza o coador. Em outra panela, coloque a água e a quantidade de café que vai fazer (colocando o café na água para aquecerem juntos, e mexendo sem parar, o café fica cremoso). Mexa sem parar. Não deixe a agua ferver, quando começarem a "subir bolinhas" desligue o fogo e passe no coador. Não adoce o café na panela. Deixe pra adoçar só na xícara. Por que o café perde uma porção de aromas e fica bem mais ou menos. Outra coisa, nunca guarde café adocicado na garrafa térmica. O açucar carameliza e gruda nas paredes da garrafa. Com o tempo a garrafa térmica para de "guardar a temperatura". E esse açucar que gruda na parede se torna cancerígeno. Cuidado!!!

- no filtro de papel: A proporção é a mesma da lá de cima hehehe. Ferva somente a agua. Vale a mesma regra, subiu as bolinhas, desligue o fogo. Coloque as colheres de café no filtro. Aí vem o pulo do gato: pegue uma colher, e vá despejando a agua quente aos poucos, só apra umidecer o café. Quando ele estiver bem umido, despeje o resto da água. Fazendo assim você preserva os aromas e as subistâncias boas do café não se perdem. Jogando a água de uma vez, a gente toma só uma água preta, sem gosto nenhum de café. Experimentem ai.

- na cafeteira italiana: aqui o bom é ir a um lugar onde se moa café na hora. Peça pra moer um pouco mais grosso. O café moido muito fino pode queimar ou acaba não se aproveitando muito dele.

Só mais uma: quando for tomar um café espresso (sim, é com s) fique de olho no creme. Se tiver uma mancha branca, contrastando bem com o restante do creme, ele está queimado. Peça pra fazer outro. Quando se usa blend (uma mistura de vários grãos em proporções váriadas para se fazer um bom café) o creme fica tigrado, com uma manchinha branca, que não se destaca em cor muito do resto do creme, daí tudo bem. O importante é ver se a mancha está muito diferente do resto, por que daí o café vai estar bem ruim.

Nossa, foram muitas dicas, vou deixar outras sobre café pra uma outra postagem.

Nos comentários do vinagrete de mamão papaia, surgiu uma receita de bacalhao cozido no leite. Alguns cozimentos no leite são típicos de portugal (bacalhau, codorna e por ai vai). Deve ter ficado uma delícia, e foi servido com purê de batatas e couve. Delícia. Foi a Maria Olimpia que deu o toque.

Vamos falar de vinhos pra esse prato:

dica numero 1: o bacalhau é bem forte, um chardonay bem encorpado cai muito bem. Tentem algum argentino um pouco envelhecido em carvalho. A gente acha preços ótimos para eles.

dica número 2: a primeria coisa que a gente lê quando começa a procurar coisas sobre harmonizações é "peixe com vinho branco e carne vermelha com vinho tinto" isso é só meia verdade hehehehe não é uma verdade absoluta, uma regra incebravél . No caso do bacalhau, um vinho tinto, de castas portuguesas por exemplo, vai muito bem. Aí vai outra dica, vai comer uma comida típica, procure vinhos da região, a chance de errar dimunui muito hehehe A miolo tem um vinho que é muito bom, esse ano foi eleito o segundo melhor do brasil pela Confraria dos Sommeliers de São Paulo, é o "Quintas do Seival" castas portuguesas, safra 2004. Experimentem, e depois me falem.

Bom, estou alongando de mais a conversa, vou deixar também pra outras postagens algumas coisas que eu descobri sobre bacalhau que mudaram minha vida hahahahahaha

Aquele abraço e até mais

Carlos Henrique

Um comentário:

maria neusa disse...

hummmm..delícia de bacalhau e maravilhosas sugestões de vinho....beijos portugueses..rs

Da uma olhada ai

Related Posts with Thumbnails